Início / VIVA HISTÓRIAS PRA CONTAR
Samuel Bortolin
Por Equipe Maratona do Rio 13/11/2017

 

Permita-me contar meu motivo de entrar no esporte. Nasci prematuro, de parto de gêmeos. Meu irmãozinho veio a falecer alguns dias depois. Eu sobrevivi e com menos de um ano fui diagnosticado com Paralisia Cerebral. Aos 7 anos, após cirurgia dei meus primeiros passos sem andador.

Vivi uma infância maravilhosa, porém, na adolescência comecei a me achar diferente, esquisito, e isso foi me levando a uma tristeza profunda, a ponto de eu abandonar meus tratamentos. Com menos de seis meses de sedentarismo, minha coluna travou e eu percebi ali, que se não tomasse atitude e as rédeas da minha vida, eu poderia perder a dádiva de andar.

Foi então que o esporte entrou na minha vida pra nunca mais sair, comecei na academia, caminhadas…aprendi a correr adulto, e minha meta no início era progredir 100 metros por semana. E de pouco em pouco, os metros foram virando quilômetros.

Me apaixonei perdidamente pela corrida, me casei com ela e fiz dela o amor da minha vida. Mas, em 2016 por querer buscar desafios maiores, comecei a treinar pro Triathlon. E como na corrida, foi aos poucos, devagar, mas com muita regularidade e vontade de melhorar, aprendi a nadar e pedalar, e dei espaço pra essas duas amantes na minha vida.

Então, em 2017 me tornei a 1º pessoa em nível mundial com paralisia cerebral espástica de moderado pra grave, a completar um Triathlon. Prova essa que virou um documentário chamado “o que é impossível”.

No último domingo de outubro, me tornei oficialmente meio maratonista ao completar a prova da Asics em Brasília.

Eu irei me mudar pra Brasília até Fevereiro de 2018, e busco parcerias nessa cidade que sempre me acolheu muito bem. Em Brasília fiz minhas primeiras fusios quando neném, depois fiz minha 1º prova de 10 km, 1º tratlhon, 1ª meia maratona.

Aí vai um depoimento de quem é apaixonado por esporte, comecei na equitação, três tambores e baliza. Depois fiz academia, tive por uma época intenção de competir no fisiculturismo, fiz educação física, e estágio com o treinador Tite, sou Apaixonado por táticas de futebol.

Não sei o que a vida me reserva pela frente, mas tenho uma gratidão muito grande por como o esporte transformou minha vida, tenho tanta gratidão disso que transformei isso no meu ganha pão. Sou palestrante, e através da minha história de vida, busco ressignificar as dificuldades das pessoas, trazendo como temáticas reflexões do “o que é realmente uma dificuldade pra você?”

Um depoimento de um cara que já flertou com equitação, namorou toda sua adolescência o futebol, se encantou com academia, se casou com a corrida e tem a bicicleta e a natação como amantes.

 

[fb_button]

HISTÓRIAS EM DESTAQUE

  • 12573844_894850247297514_1440506815754084506_n Samuel Bortolin -   Permita-me contar meu motivo de entrar no esporte. Nasci prematuro, de parto de gêmeos. Meu irmãozinho veio a falecer alguns dias depois. […]
  • historia_photo_FCH17MMF04992.jpg Cristiane Brito -   A melhor prova da minha vida! Concluí minha 2a Maratona sendo esta no RIO. Fomos com o grupo de corrida em 20 […]
  • 2017-10-03-at-08.35.141-1 Daniele Cidronio -   Vou contar a história da minha esposa Daniele Cidrônio, que começou a correr em 2013 fazendo curtas distâncias na cidade de Manaus. […]

PARTICIPE

Já fez sua inscrição para as provas da Maratona do Rio 2018?

VIVA HISTÓRIAS PRA CONTAR

Clique abaixo e compartilhe o seu amor pela corrida e pela Maratona do Rio. Conte sua história pra gente.

DESAFIO CIDADE MARAVILHOSA

Mostre que é Maratona do Rio e complete 21K + 42K.