Fatores de risco para os distúrbios pelo calor



Data da postagem: 20/04/2016

 

No Rio de Janeiro, o outono não é sinônimo de temperaturas tão amenas. Muitos corredores sofrem com o calor intenso durante os treinos para a Maratona do Rio. Pensando nisso, o diretor médico da Maratona do Rio e membro da International Maraton Medical Directors Association (IMMDA), Dr. Paulo Afonso Lourega, preparou algumas dicas e informações importantes para a prevenção dos distúrbios causados pelo calor.

Segundo ele, existem alguns fatores de risco para esses distúrbios. São eles:

  • A desidratação;
  • A hipertensão, doença cardiovascular, neuropatia diabética, envelhecimento;
  • Diuréticos, β-bloqueadores, α-agonistas, vasodilatadores, álcool;
  • História prévia de distúrbio pelo calor;
  • Não-aclimatação;
  • Obesidade;

Para prevenir os distúrbios causados pelo calor, é importante ingerir adequadamente líquidos antes, durante e depois dos treinos e da prova, além de alimentar-se bem. Os destreinados têm menor tolerância ao calor, por isso, é importante conhecer seu corpo durante os treinos.

Quando seu treino ou competição durar mais do que 30 minutos, opte por bebidas desportivas que contenham eletrólitos e carboidratos. E lembre-se: beba água quando sentir sede! Use roupas leves e busque sempre a orientação de um profissional. Boa corrida!



PATROCÍNIO MASTER:

PATROCÍNIO OFICIAL: