Danyell Barreto dos Santos



Data da postagem: 10/07/2018

 

Bom, tudo começou quando meu pai estava internado por causa de um câncer de bexiga em 2016. Ele era professor de educação física e sempre incentivou eu a fazer atividades físicas. Nesse dia, corrida uma meia maratona aqui em Juiz de Fora e logo depois fui para o hospital ficar com ele e levei a medalha pra mostrar. Ele me perguntou quantos quilômetros eu corri e então eu disse, 21km pai. Ele arregalou os olhos e disse, “você é maluco meu filho, é muita coisa” e foi ai então que veio a promessa, disse a ele assim, pai, o ano que vem eu vou correr a Maratona do Rio de Janeiro e vou trazer a medalha para o senhor. Ele na mesma hora me estendeu a mão e disse, feito.

Infelizmente ele não aguentou e veio a falecer 2 meses depois da nossa conversa, mais promessa feita, tem que ser cumprida. Bom em 2017, não consegui fazer minha inscrição para “pagar” a promessa feita pra ele, mais fiquei ligado e em 2018, não perdi tempo, assim que iniciou, já fiz a minha e ae veio uma novidade, a Maratona do Rio tinha crescido e virado o Desafio Cidade Maravilhosa. Eu não perdi tempo, pensei, já que é pra fazer, que seja feito bem e bonito ( kkkkk loucura né), fiz a inscrição para ele, 21+42km.

Muitos me criticaram, falaram que era loucura eu fazer isso, que eu não iria aguentar, que eu iria quebrar, mais ninguém sabia da minha promessa, do meu propósito e ele la encima, estava junto comigo. Bom fui lá e fiz os 21km, bem tranquilo, muito bem acima do esperado e então com o apoio da minha noiva, que me acompanhou nessa jornada, que me deu carinho e quando ficou sabendo do propósito, me ajudou e muito, fui para os 42,195 mts.

E ele não estava aqui no meio de nós de corpo presente, mais eu sentia que a cada passo que eu dava ele estava ali ao meu lado, a cada km que passava, eu me sentia vitorioso. Bom completei a prova em 3 horas e 53 minutos. Pra quem nunca tinha corrido uma maratona, fazer o desafio logo de cara e ainda fazer uma sub 4, haaaa era bom demais pra ser verdade, mais meus pensamentos só estavam nele, naquele dia que prometi e no dia 03/06/18 , eu fui lá e cumpri o prometido e ele me acompanhou do começo ao fim. Dedico a minha primeira Maratona a meu pai é aonde ele estiver, tenho certeza que está orgulhoso.

 

 

Viva Histórias pra contar

Desafio Cidade Maravilhosa

Cansado, mais de alma lavada

Companheira sempre

Eu fui e fiz!


PATROCINADORES MASTER:

PATROCINADORES OFICIAIS:



PARCEIRO DE MÍDIA:

TRANSMISSÃO OFICIAL: